Encontro

Rede Ebserh realiza evento nacional sobre regulação em saúde no Ceará

qui, 17/10/2019 - 14:35

Atividade é ligada ao gerenciamento de leitos, evitando superlotação e integrando governos municipais, estaduais e federal

Objetivo do encontro é qualificar gestores de saúde pública por meio de palestras, mesas-redondas e debates

Fortaleza (CE) – Quem procura o Sistema Único de Saúde (SUS) quando precisa de atendimento médico pode não imaginar a logística que há por trás para gerenciar os leitos, evitando superlotação e integrando governos municipais, estaduais e federal para melhorar a assistência prestada. Esse é o trabalho de regulação em saúde, foco de um evento nacional que a Rede Ebserh iniciou nesta quinta-feira, 17, e segue até sexta, 18. O encontro tem como anfitrião o Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará (CH-UFC), composto pelo Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e pela Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), ambas unidades vinculadas à Rede Ebserh.

Para o superintendente do Complexo Hospitalar, Carlos Augusto Alencar Júnior, gerir bem um leito é garantir que mais pessoas tenham acesso à saúde. “Para isso, é preciso saber diminuir o tempo de internação, ter uma boa gestão de contratos e documentações, além de monitorar os indicadores certos”. Já o chefe do Serviço de Regulação Assistencial da Rede Ebserh, Fábio Campelo, disse que o conteúdo foi definido pelos próprios hospitais, via enquete. “Todos os temas vão gerar algum desdobramento propositivo. Entre eles, acho que dois têm uma capacidade natural de discussão maior: o painel de contratualização e o painel de gestão de documentação clínica”, enumerou.

O objetivo do encontro, realizado no auditório do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), é qualificar gestores de saúde pública por meio de palestras, mesas-redondas, apresentações de trabalhos científicos e debates sob o tema “Compartilhando perspectivas e desafios da regulação em saúde no SUS”, conduzidos por grandes nomes nacionais em regulação. O evento pretende discutir contratualização dos hospitais que prestam seus atendimentos por meio do SUS, gestão do fluxo de pacientes, gestão da fila cirúrgica, gestão de leitos, gestão da documentação clínica, ferramentas da qualidade e liderança, dentre outros.

Participam aproximadamente 200 pessoas, incluindo representantes da sede e de 33 hospitais universitários federais da Rede Ebserh, Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), Secretaria de Saúde do Estado (Sesa-CE) e Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS).

O que é regulação

Regulação assistencial é o processo de administrar o número de leitos disponíveis de acordo com a necessidade de atendimento da população. O acesso universal, integral e equânime à saúde para todos os cidadãos é um direito previsto na Constituição Brasileira. Esse acesso é determinado pelos gestores públicos e pelas unidades de saúde por meio da regulação assistencial, que gerencia a intermediação da demanda dos usuários (quantas pessoas precisam de atendimentos e quem são) e da oferta dos serviços de saúde (quantos atendimentos são disponibilizados e quais são).

“A regulação é um dos maiores desafios da gestão da saúde pública, visto que a procura por hospitais tem se intensificado. O aperfeiçoamento de profissionais qualificados faz-se cada vez mais necessário para o melhor aproveitamento da estrutura física, de pessoal e demais recursos”, salientou a chefe do Setor de Regulação da Meac-UFC/Ebserh, Andreia Aguiar, que coordena o evento.

Sobre a Rede Ebserh

O Complexo Hospitalar da UFC faz parte da Rede Ebserh desde novembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do SUS e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Os hospitais universitários são, por sua natureza educacional, campos de formação de profissionais de saúde. A Rede Ebserh não é responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país, apenas atua de forma complementar ao SUS.

Fonte
Com informações da Meac-UFC/Ebserh
MEAC - UFC
regulação assistencial
regulação
encontro
huwc-ufc
meac-ufc
evento